Páginas

quinta-feira, 23 de junho de 2011

“Aprendi também que por mais que você queira muito alguém, ninguém vale tanto à pena a ponto de você deixar de se querer.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário